História

JUBA®, ao seu serviço desde 1954

A JUBA foi fundada como empresa de manufatura de artigos de couro, iniciou o fabrico de luvas industriais em 1950. Desde então, e até hoje, o progresso desta empresa de Rioja no seu setor tem sido imparável.

  • 1954

    Primeiros anos da empresa

    Don Juan Bautista Barrios Ascorbe funda (fundou) a Guantes (Luvas) Juba, que nasce como uma secção de uma fábrica de curtumes fundada pelo seu pai, Don Manuel Barrios, naquela época especializada no fabrico de artigos de couro para uso agrícola. Começa por fabricar luvas ambidestras de crutes de curtimenta vegetal com diferentes variantes e especialmente destinadas a aplicações na indústria pesada e mineira do norte de Espanha. Nesses anos, a empresa entra na indústria automóvel, sendo fornecedora das primeiras fábricas de automóveis que se instalam em Espanha, como a Renault ou a (e) Seat.

  • 1960

    Entrada no setor industrial

    Com base na curtimenta familiar, inicia-se o fabrico de crutes curtidos a crómio e são introduzidas no mercado ibérico as primeiras luvas de corte americano, ou para soldadores, que se tornam populares em aplicações muito diversas. A JUBA® torna-se conhecida no setor industrial ao ser a primeira empresa que publicita os seus produtos em revistas especializadas do setor industrial.

  • 1970

    Abertura de mercados internacionais

    A transferência, em 1972, para a nova fábrica situada na carretera de Logroño, em Santo Domingo de la Calzada, onde expande a sua capacidade de produção, e o lançamento no mercado ibérico das primeiras luvas para condutores, que trouxeram grande popularidade à marca, constituem dois marcos importantes nesta década. Nos finais da década de 1970, a marca é amplamente reconhecida no mercado nacional e inicia as exportações para França e Portugal. Nessa altura, a fábrica de curtumes é integrada com vista à produção integral de todos os processos e especializa-se no fabrico de pele para luvas industriais, chegando a fornecer fabricantes franceses de reconhecido prestígio. Ao mesmo tempo, inicia-se timidamente a importação de luvas da China (popularizando um modelo de corte americano) e a empresa torna-se o primeiro importador de luvas industriais em pele na Península Ibérica.

  • 1980

    Adaptação à globalização

    A década de 1980 constitui um período de transição entre um modelo de fabrico próprio e a expansão da gama de luvas importadas da Ásia. O fabrico de luvas de trabalho implica uma mão-de-obra muito intensiva e a indústria sofre as flutuações da globalização incipiente com a integração na Comunidade Económica Europeia. Nessa altura, é introduzida a primeira luva importada de corte americano reforçado com a marca TUFF TORO®, o que constitui um marco na indústria nacional.

  • 1990

    Grande expansão da empresa

    Numa década intensa e de forte expansão da empresa, a segunda geração da empresa assume protagonismo em 1992 e é racionalizada a produção. A fábrica de curtumes é encerrada e são celebrados acordos com as principais empresas mundiais de distribuição de luvas. A sua aposta na qualidade leva a Juba a ser a primeira empresa nacional a certificar as suas luvas com a marcação CE, após a introdução, em 1995, da norma europeia relativa às luvas de trabalho. Um aumento significativo da gama, o início de uma joint venture para o fabrico de luvas de trabalho, a concessão da licença GORE-TEX® para o fabrico de luvas de bombeiro e a comercialização, desde 1996, de uma gama de vestuário de proteção constituem os marcos principais desta década, que assiste ainda a duas expansões de armazéns que visam acompanhar o forte crescimento das vendas nestes anos.

  • 2000

    Início de una nova era tecnológica

    O novo século marca o início de uma época em que a incorporação das novas tecnologias de fabrico de luvas conduz a um aumento substancial da oferta de luvas sem costuras fabricadas em máquinas de tricotar, bem como à introdução de fibras especiais anticortes. Em 2006, a empresa é licenciada para o fabrico e comercialização de luvas fabricadas com a fibra Dyneema®, o que permite à JUBA® integrar a elite dos fabricantes de luvas de trabalho. São anos de grande expansão de vendas, nomeadamente no mercado interno, que beneficia da atividade do mercado peninsular. A exportação para países terceiros torna-se uma realidade, com uma estrutura comercial própria nos mercados francês e português.

  • 2010

    Aquisição da empresa pelo grupo BUNZL

    A expansão internacional e a necessidade de iniciar uma nova etapa levam a família a negociar a aquisição da empresa pelo Grupo BUNZL, uma empresa inglesa cotada no FTSE 100 e que é proprietária do grupo desde maio de 2010. A integração num grande grupo com vendas de equipamento de proteção individual superiores a 720 milhões de libras esterlinas (2015) permite a criação de sinergias que garantem a expansão da empresa e a profissionalização da sua gestão. Apesar da crise do mercado interno, são anos de expansão, de entrada em novos mercados, como o de bricolagem e retalho, e de uma aposta decidida na qualidade e na expansão da gama. Num ambiente regulamentar europeu mais complexo, a aposta da empresa na qualidade leva à ampliação do laboratório e ao reforço dos recursos humanos do departamento de qualidade. Atualmente, a empresa possui um sistema de garantia de qualidade com a certificação ISO 9001:2015 e sistema de gestão ambiental com a certificação ISO 14001:2015.

    Olhando para o futuro próximo, o novo ambiente digital deixa antever uma transformação completa do modo de interação com fornecedores e clientes. A gestão do talento faz com que a equipa de colaboradores da JUBA® esteja em constante evolução para construir a história da empresa nos próximos anos.

clear
headset_micContacto

Ligue para o nosso número de apoio ao cliente:
+34 941 340 885

O nosso horário de apoio ao cliente, hora de Portugal, é de segunda a quinta, das 8:00 às 18:00, e sexta, das 8:00 às 15:00 (estamos encerrados ao sábado e nos dias feriados).

Ou, se preferir, pode enviar-nos a sua questão através deste formulário: